LarMontessori.com

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Pequenas Ações Diárias

Após um longo período de repouso, o Lar Montessori volta à ativa. Pedimos desculpas aos nossos leitores, por esta longa ausência. Pedimos também que os leitores comentem as postagens, para que saibamos o que vocês acham. Estamos pensando em aumentar a equipe aqui, e um feedback é importante.

Quero lhes contar sobre a ONG Me to We. Eles são um grupo idealista que busca reeducar as pessoas para que elas, compreendendo melhor o valor da vida solidária, passem a agir melhor do ponto de vista coletivo. Este grupo fascinante publicou recentemente um livro com prefácio pela Sua Santidade o Dalai Lama, chamado "The World Needs Your Kid" (O Mundo Precisa do Seu Filho).

Neste livro, três autores muito lúcidos dão sugestões para se criar uma criança que contribua e se importe. E lendo este livro, eu me convenci: Algum dos autores leu Montessori muito cuidadosamente. Há influências Montessori demais na obra para que seja possível dissociar uma coisa da outra. Entrarei logo em contato com os autores para me informar melhor sobre isso.

Por agora, quero dar a vocês um gostinho deste livro que, além de muitíssimo informativo, é lindo. Escolhi uma coluna de uma página, intitulada "Pequenas ações diárias":

1. Dê um passo para trás, para que a criança possa dar um para frente:
Se você amarrar os sapatos dele para sempre, ele nunca vai tentar sozinho. Se você sempre intervier em conflitos, ele talvez não tente resolver as coisas por si mesmo.

2. Tenha paciência com a tentativa e erro:
Derrubar leite não é motivo de escândalos, especialmente tratando-se de um pequeno e ambicioso filho aprendendo a se servir. Ajude seu filho a lidar com as consequências: "Aqui está um pano para enxugar..."

3. Apresente opções:
Permita à sua criança escolher - sempre que possível - e aceite estas escolhas. Fazer isso demonstra sua confiança em suas habilidades. 
Este princípio vale inclusive para muito pequenos. A criança, ainda sem falar, já é capaz de escolher uma cor, um caminho, um material de trabalho ou um brinquedo. Ela também é capaz de escolher se quer ficar acordada ou se quer dormir. Sempre que possível, permita esta escolha.

4. Cozinha baixa:
Mova os pratos para uma estante mais baixa, para que as crianças possam ajudar a pôr a mesa. Não importa qual a tarefa, dá-las às crianças ensina responsabilidade e mostra a elas como são indispensáveis para o funcionamento da família.
Novamente, a criança muito pequena pode se beneficiar disto, mesmo que não consiga pôr a mesa, de maneiras que explicamos em posts anteriores. E não se preocupe: um prato ou um copo vão quebrar de vez em quando - faz parte da vida. Ensine a criança a segurar tudo direitinho e a limpar os cacos.

5. Trabalhe com o dinheiro:
Se você dá uma mesada ao seu filho, encoraje-o a dividí-la em três partes: guardar um pouco, gastar um pouco, compartilhar um pouco.

Lembre-se de que esperamos ansiosamente pelos seus comentários! Se você achar que deve, espalha este blog, repasse estas ideias, cole num e-mail para um amigo... Lembre-se de dar os créditos do livro de onde isto foi tirado, e ressalte que nossas traduções são independentes e sem nenhum fim lucrativo. Optamos, inclusive, por recusar propagandas neste blog.

Um comentário:

  1. Olha

    eu já planejava fazer isso com a dona Flor e seus 2 irmãos

    ResponderExcluir